Pesca ilegal no Rio Mogi Guaçu gera 31 autuações em Pirassununga, SP

O pesquisador da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), Fábio Sussel, disse na época que era contra a determinação. Segundo ele, a pesca amadora não é a principal ameaça aos peixes e, por isso, deveria ser liberada.

“Existem outros quatro fatores mais importantes do que a pesca amadora de vara e anzol, que são: o lançamento de esgoto não tratado, a construção de barramentos para a geração de energia elétrica, a pesca comercial extrativista e a pesca predatória. Estas sim são impactantes para as espécies e para a quantidade de peixes no Rio Mogi”, afirmou.

Veja a Reportagem completa no link abaixo:

http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/pesca-ilegal-no-rio-mogi-guaci-gera-31-autuacoes-em-pirassununga-sp.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.